Arte Além da Arte

 

O 1º Simpósio Internacional de Relações Sistêmicas da Arte – Arte Além da Arte ocorreu nos dias 08, 09 e 10 de abril de 2018, contou com quatro palestrantes internacionais e a participação de 48 pesquisadores de diferentes disciplinas oriundos de 17 diferentes universidades no Brasil, Chile, Alemanha, Portugal e Espanha. Em termos de público ouvinte, atingiu o limite de capacidade do auditório do Goethe-Institut Porto Alegre, local onde se deu o evento, e trouxe estudantes e pesquisadores de Porto Alegre, interior do RS e de outros estados.

O desejo de abrir espaço para discussões que perpassassem as relações estabelecidas dentro/no sistema da arte contemporâneo marca o surgimento do Simpósio. Sua primeira edição foi alicerçada em três eixos de investigação. O primeiro deles propôs atualizar discussões a respeito das estratégias e relações que englobam as noções de global e do local no mundo de hoje; o segundo versou sobre o sistema da arte na economia de mercado; e o terceiro buscou abordar diferentes formas de entrecruzamentos de campos nos processos artísticos contemporâneos.

Baseado em um modelo de encontro que buscou propiciar conexões e trocas entre pesquisadores com interesses de pesquisa comuns, reuniu pesquisadoras e pesquisadores para criar uma rede de difusão de conhecimento, aprofundando gradativamente os vínculos gerados, independentemente de a qual área do conhecimento pertençam ou onde mantenham vínculo. Era, para tanto, fundamental que atraísse participantes de variadas correntes de pensamento dispostos a questionar a noção de autonomia da arte e os arranjos de forças implicados nos mecanismos do sistema. Assim, houve debates e confrontos de ideias sobre temas centrados nas particularidades do sistema artístico, mas também sobre outros que, a princípio, se encontrariam alijados do domínio específico da arte, mas que devidamente articulados se mostram decisivos para a compreensão do campo artístico no contexto contemporâneo.

Planejado e organizado como resultado das atividades do Grupo de Trabalho coordenado por Maria Amélia Bulhões e integrado por Bruna Fetter e Nei Vargas, o 1o Simpósio Internacional de Relações Sistêmicas da Arte – Arte Além da Arte, propiciou experiências extremamente frutíferas, que já estão alimentando as ideias para a próxima edição do evento.

ARTE ALÉM DA ARTE

I Simpósio Internacional de Relações Sistêmicas da Arte

08, 09 e 10 de abril de 2018

Instituto Goethe – Porto Alegre

  1. Do tema: “Arte Além da Arte”

Da produção ao acesso, as artes visuais têm se movido ao longo dos tempos por força de arranjos entre agentes e instituições, que juntos atuam na criação e condução das estruturas legitimadoras e na definição de conceitos do que é ou não arte. No entanto, a lógica de produção, circulação, legitimação e consumo está associada também a outras esferas que não as específicas do contexto artístico, colocando em evidência as conexões inerentes ao desenvolvimento do sistema da arte.

Nesse sentido, I Simpósio de Relações Sistêmicas da Arte “ARTE ALÉM DA ARTE” se propõe a debater as transformações do(s) modo(s) de operação pelo qual passa a produção das artes visuais vem passando.

Evento transdisciplinar em essência, visa abrir o diálogo entre pesquisadores das Artes, Sociologia, Antropologia, Filosofia, Letras, Tecnologia, Ciências e de todas as demais áreas interessadas em pensar o tema. O Simpósio busca reunir pesquisadores que tenham interesse na ampla gama de relações possíveis que permeiam o fazer artístico, sua legitimação, visibilidade, circulação e acesso.

Resultado do trabalho do Grupo de Pesquisa Territorialidade e Subjetividade: Relações Sistêmicas da Arte, vinculado ao CNPq pelo PPGAV/UFRGS, em parceria com o Instituto Goethe de Porto Alegre, o Simpósio propõe abrigar discussões que vislumbrem entrecruzamentos entre local e global como uma característica inerente ao mundo da arte contemporânea, esperamos questionar a noção de autonomia da arte nos dias de hoje, explicitando as novas relações de poder face a um campo artístico cada vez mais heterônomo; e também analisar as instâncias de legitimação contemporâneas e seus mecanismos; bem como a sobreposição de antigos atores em novos papéis: artistas-curadores, críticos-galeristas, diretores de instituições-colecionadores e o paradoxo da alta especialização do campo artístico x a constante necessidade de agregar novas competências ao perfil profissional. Isso tudo sem deixar de atentar para as reverberações éticas e estéticas das atuais configurações do sistema, constituídas em meio a processos históricos amplos e complexos.

Para tanto, o evento está organizado nos seguintes núcleos temáticos:

  1. Entrecruzamentos de campos nos processos artísticos: Arte fora si – arte que foge aos princípios pré-estabelecidos, busca novas formas de ação e reflexão, expande a compreensão do conceito de arte, faz uso de novos meios tecnológico-digitais e procedimentos que transformam as relações  do trabalho artístico, bem como, exercem forças de renovação a antigas práticas;
  1. O sistema da arte na economia de mercado: Discute a transformação do sistema da arte, centrando o debate nos processos de institucionalização, financeirização e empresariamento pela qual a produção artística e as instituições culturais têm sido conduzidas em meio ao protagonismo da economia de mercado na construção de valores na contemporaneidade; 
  1. Ser local, estar global: processos em trânsito: Feiras, bienais e grandes exposições. Transformações do mundo contemporâneo: circulação de pessoas, informações e bens, pontes de diálogo entre o local e o global, suas contradições e conexões. A construção de hegemonias e o reforço das margens. Com pensar relações centro-periferia hoje.
  1. Da Estrutura

O I Simpósio de Relações Sistêmicas da Arte “Arte Além da Arte” aceitará comunicações em português, espanhol e inglês que serão submetidas à Comissão Científica, além da conferência principal e de debates dos Núcleos Temáticos, com pesquisadores convidados.

Na categorias Comunicações, será permitido o número máximo de três autores por trabalho. No caso de trabalhos com co-autoria, será necessário envio dos comprovantes de inscrição de todos os autores indicados na Ficha de Submissão de Resumo.

Os resumos em português/espanhol e inglês submetidos serão avaliados segundo os seguintes critérios: relevância e pertinência do tema à proposta do Simpósio; adequação do trabalho à modalidade pretendida; clareza na exposição das ideias; coerência do quadro teórico ao tema.

PROMOÇÃO

     logo Goethe     logo ppgav

APOIO

capes-72012-RGB     cnpq

PARCEIROS

parceiros     TIAMSA Provisional Logo (2)

Anúncios